Confira a coluna “Olho de Tandera”, por Jones Almeida 15/05/2024

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O Enrolado Pele Fina da RMS

Na Região Metropolitana, tem prefeiturável da pele fina se achando eleito, se dando direito a enrolar todo mundo que encosta para uma prosa. O simpático do couro grosso está rindo de orelha a orelha, com a fama de enrolado que tá colando no seu jovem adversário.

Guerra das pesquisas

E começou a temporada de guerra das pesquisas no interior do estado. Todos os dias, levantamentos e mais levantamentos são divulgados, às vezes com números muito diferentes sobre o mesmo município. Em uma grande cidade, por exemplo, recentemente, duas pesquisas feitas por institutos diferentes deram números completamente opostos. Na primeira, o candidato do prefeito tem mais de 50%, enquanto na segunda o principal nome da oposição é quem lidera com mais de 50%. A cabeça do eleitor fica a mil!

Passado

Parlamentares comentam pelos corredores da ALBA que o ex-prefeito de Itaberaba João Almeida Mascarenhas Filho (PSD) até conseguiu garantir sua elegibilidade, mas ainda sofre com muito desgaste na cidade. Quem acompanha a política na cidade diz que vídeos de uma reportagem do Fantástico e "fantasmas" do passado do ex-prefeito já estão voltando para assombrá-lo. Resta saber se isso terá impacto nas urnas. 

Tiro pela culatra

A fala do presidente Lula (PT) contra o prefeito de Teixeira de Freitas, Marcelo Belitardo (UB), foi um verdadeiro tiro pela culatra. Lula, em discurso na cidade durante inauguração do Hospital Costa das Baleias, atacou o prefeito por se ausentar do evento. A fala agressiva trouxe dois impactos negativos. Na cidade, a população se solidarizou com o prefeito, que não entrou na onda agressiva do presidente. O segundo impacto foi em Brasília, com lideranças do União Brasil, que não gostaram nada de ter um prefeito do partido sendo agredido pelo presidente. 

Os esquecidos

Neste evento, inclusive, o vice-governador Geraldo Júnior (MDB) e o pré-candidato do MDB a prefeito de Teixeira de Freitas, Uldurico Junior, foram deixados de lado pelo presidente. Geraldo, que mais uma vez foi na tentativa de receber um afago do presidente, ficou a ver navios. Uldurico, por sua vez, esperava um gesto para se firmar como candidato da base, mas também acabou esperando sentado.

Teixeira de Freitas: Oposição na UTI

Nem a cutucada do presidente Lula sobre a ausência do prefeito Marcelo Belitardo (UNIÃO) na inauguração do Hospital Estadual da Costa das Baleias, em Teixeira de Freitas, fortaleceu a oposição ao gestor da capital do Extremo-Sul .

Os 4 pré-candidatos dos partidos da base do governador Jerônimo Rodrigues (PT) patinam nas pesquisas de consumo interno e o melhor posicionado nas sondagens, o e ex-deputado federal Uldurico Junior (MDB) , tem forte rejeição dos demais: Raíssa Félix (PT), Eujácio Dantas (PSD) e Léo Brito (AVANTE).

O impasse na base estadual deixa Belitardo numa condição muito confortável para a reeleição. Nem o bolsonarista Coronel França (PL), ameaça sua caminhada rumo à renovação do mandato.

Quase

A aprovação do projeto Bahia Pela Paz, do Governo do Estado, dependeu da "gentileza" da oposição na ALBA. Interessada em ficar bem na fita com os professores, a bancada da minoria só não impôs um constrangimento aos governistas, por que a aprovação do abono extraordinário para os professores só poderia ser colocado em pauta, após a deliberação sobre o Bahia Pela Paz.

Se dependesse da presença da bancada do PP e dos governistas do PL, Vitor Azevedo e Raimundinho da JR, a sessão seria derrubada sem apreciação dos projetos. Além deles, o deputado Luciano Araujo (SD), que estava na casa, não colaborou com o quórum da votação.

Serin em campo 

Minutos depois da sessão de ontem na Assembleia Legislativa, emissários da Serin já estavam em campo para saber o porquê de muitos governistas não terem aparecido para votação do Bahia pela Paz no plenário, mesmo estando na Casa. A noite do governo foi salva graças a um entendimento com a oposição. Vai haver caça às bruxas?

Inferno astral

As recentes manifestações dos professores na Assembleia Legislativa em torno dos precatórios e do reajuste salarial escancararam uma briga ferrenha entre lideranças sindicais, indicando o fim do monopólio que a APLB detinha na representação da classe. Em vários momentos, seu principal emissário, Rui Oliveira, foi duramente contestado e chegou a trocar empurrões com seus concorrentes, por assim dizer. A confusão mais recente foi no final da sessão desta terça, quando ele deixou a Casa sob protesto de um pequeno grupo.

Modo traição ativado



A oposição em Nova Redenção, antes de começar a campanha ativou o modo traição. Trocou Ricardo Maia por Otto Alencar Filho (PSD-BA) para deputado federal. Euclides Fernandes foi trocado por Ivana Bastos. Dizem as más línguas, que vão nadar no seco, pois das moitas escolhidas não espirra coelho. É coisa!

Alerta

O ex-prefeito de Camaçari Luiz Caetano (PT) decidiu subir o tom contra o prefeito Elinaldo Araújo (UB) e contra o seu candidato à sucessão, Flávio Matos (UB). As críticas se intensificaram nos últimos dias e, para alguns, tem sido interpretada como um sinal de alerta para o petista. Fontes do municípios garantem que Matos tem crescido nas pesquisas e conta com menor rejeição, o que vem deixando Caetano preocupado. 

Por hoje é só. Obrigado pela leitura! Eu sou Jones Almeida e volto na próxima quarta-feira com a coluna Olho de Tandera. Ligado em tudo!

Compartilhe:

Siga a gente Instagram | Facebook | Twitter | Youtube

LEIA TAMBÉM

PUBLICIDADE

REDES SOCIAIS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Conteúdo protegido.