Senado debate voto impresso para 2014

A reintrodução do voto impresso a partir das eleições de 2014 estará em
debate na terça-feira (15), a partir das 8h15min, na Comissão de
Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática (CCT). A
realização da audiência pública atende a requerimento do senador João
Capiberibe (PSB-AP).

Para o debate, estão convidados os professores de Ciências da
Computação da Universidade de Brasília (UnB) Diego Aranha e Pedro de
Rezende. O moderador do Fórum do Voto Seguro na Internet, Amílcar
Brunazo Filho, também está convidado para a audiência.

O encontro vai permitir o debate do projeto de lei do Senado (PLS)
68/2010, do ex-senador Eduardo Azeredo (PSDB-MG), que revoga a previsão
legal da impressão do voto do eleitor a partir de 2014. O comprovante de
votação seria conferido e colocado, de forma automática e sigilosa,
dentro da urna para auditoria posterior.

Na justificativa do projeto, o autor, atualmente deputado federal,
argumenta que uma série de testes da Justiça Eleitoral mostrou que a
mudança provoca vários problemas como aumento das filas para votação,
mais votos nulos e brancos, maior número de urnas com defeito, inclusive
devido ao processamento da impressão do voto, e aumento do quantitativo
de eleitores com dificuldade para finalizar o voto.

Compartilhe