Plano estratégico 2013-2016 implanta meritocracia na Prefeitura

O prefeito ACM Neto lançou hoje (14) o plano estratégico para essa
gestão, detalhado no livro ?Salvador: construindo um novo futuro
2013-2016?, em apresentação realizada no Hotel Sheraton, ocasião onde
também foi assinado acordo de resultados com secretários municipais para
cumprimento das metas estabelecidas. ?Implantamos política de
meritocracia, através da qual órgãos que alcançarem as metas serão
bonificados. Já aqueles que não alcançarem as metas, além de não
receberem essa premiação, podem ter secretários ou dirigentes de órgãos
substituídos, porque cada um está comprometido com esse plano que foi
definido?, afirmou o prefeito.

Entre as metas apresentadas estão a alfabetização de 70% das
crianças até os seis anos de idade, garantir quadro completo de
professores em 100% das turmas da rede municipal, entregar nove Unidades
de Pronto Atendimento (UPAs) em plena capacidade operacional, implantar
12 Multicentros (Centros de Assistência e Promoção ? Saúde), aumentar
de 7 mil para 40 mil o número de famílias acompanhadas pelos Centros de
Referência da Assistência Social (Cras), ampliar a cobertura do programa
Bolsa Família para 98% do total de famílias elegíveis cadastradas e
aumentar em 20% o número absoluto de diárias ocupadas em hotéis e de
passageiros em navios atracados.

?Governos falham pela falta de planejamento. Por isso, logo no
começo do ano começamos a elaboração desse plano para pontuarmos
aspirações e metas para garantir controle social sobre as ações de
governo. Esse trabalho, no entanto, não limita nossas metas e
aspirações. Serve como balizador do que pretendemos fazer. Isso
significa que não é o fim, e sim o começo. A parte mais fácil foi feita.
O trabalho mais difícil começa agora, que é tirar as ações do papel?,
observou Neto, lembrando que o planejamento estratégico pode ser
acompanhado pelo livro ou pelo www.salvador.ba.gov.br,
dividido em 10 áreas temáticas: Educação, Saúde, Justiça Social,
Ambiente de Negócios, Turismo e Cultura, Mobilidade, Ambiente Urbano,
Ordem Pública, Gestão para Entrega e Equilíbrio de Contas.

Compartilhe