Ex-namorada acusa filho de Lula de agressões; caçula do presidente nega

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Uma médica de 29 anos registrou um boletim de ocorrência online acusando o filho mais novo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o empresário Luís Cláudio Lula da Silva, de 39 anos, de agressões físicas e psicológicas. Segundo o documento, as acusações incluem violência doméstica, ameaça, vias de fato, violência psicológica contra a mulher e injúria. De acordo com o relato da vítima no documento registrado à Polícia Civil, as agressões teriam ocorrido ao longo dos últimos dois anos e se intensificado, colocando em risco sua integridade física e mental. A médica afirmou que não havia registrado ocorrência anteriormente devido a intimidações por parte de Luís Cláudio, que alegava impunidade por ser filho do presidente.

“De acordo com a narrativa, a vítima não registrou o boletim de ocorrência anteriormente, pois o autor a intimida, utilizando o fato de ser filho do presidente da República dizendo ‘meu pai vai me proteger e [você] vai sair perdendo, eu vou acabar com sua alma’ e ‘vou falar para todos que você é uma insana, ninguém irá acreditar em você'”, registrou a médica no documento, ao receber primeiro atendimento da Delegacia da Mulher da capital paulista.

A defesa de Luís Cláudio Lula da Silva classificou as declarações como “fantasiosas” e anunciou a intenção de buscar reparação por danos morais, alegando que as acusações se enquadram nos crimes de calúnia, injúria e difamação. A advogada da médica aguarda determinação para que Luís Cláudio mantenha distância da ex-namorada, seguindo medidas protetivas comuns nesses casos. A Secretaria de Segurança Pública de São Paulo confirmou que o caso está sendo investigado pela 1ª Delegacia de Defesa da Mulher.

Compartilhe:

Siga a gente Instagram | Facebook | Twitter | Youtube

LEIA TAMBÉM

PUBLICIDADE

REDES SOCIAIS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Conteúdo protegido.