Dirceu e Delúbio recebem oferta de emprego para ganharem R$ 508

O ex-ministro da Casa Civil José Dirceu, o ex-presidente do PT José
Genoino e o ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares foram contemplados com
propostas de emprego nesta quinta-feira.

Dirceu e Delúbio foram convidados pela Confederação do Elo Social
Brasil para trabalharem como administrador de setor de fabricação e
assistente de marcenaria, respectivamente, na Cooperativa Sonho de
Liberdade. O salário equivale a 75% do mínimo nacional: R$ 508,50. A
Cooperativa fica no Distrito Federal e é formada por presidiários.

A proposta apresentada a Genoino é para costurar bolas. Ele poderia ser remunerado com R$ 5 por cada bola finalizada.

Dirceu já tinha sido chamado para trabalhar como gerente
administrativo no Hotel Saint Peter, em Brasília, pelo salário de R$ 20
mil. O ex-ministro apresentou a proposta ao STF e ? Vara de Execuções
Penais do DF, que deve analisar o pedido no ano que vem.

Compartilhe