Cristina Kirchner será operada nesta terça para retirada de hematoma no cérebro

A presidente da Argentina, Cristina Kirchner, vai ser submetida a uma
cirurgia na manhã desta terça-feira devido a um hematoma subdural
(acúmulo de sangue na cabeça).

Segundo a Fundação Favoloro, Cristina apresentou, neste domingo, “um
formigamento em seu braço esquerdo, registrando uma transitória e leve
perda de força muscular (…) É indicada a intervenção cirúrgica que
consiste na retirada do hematoma”.

Nesta segunda-feira, a presidente passou por exames cardiovasculares pré-cirúrgicos.

O porta-voz presidentecial informou que o estado de Cristina pode ser resultado de uma queda que ela teria sofrido em agosto.

Faltando apenas três semanas para a eleição legislativa de meio de
mandato, marcada para 27 de outubro, Cristina ficará afastada do poder
por um mês.

Compartilhe