Bruno Reis autoriza intervenção em encosta em Cosme de Farias

“A nossa prioridade é preservar vidas, com o trabalho permanente de proteção de áreas de risco. Hoje, Salvador é uma cidade muito mais preparada para enfrentar as chuvas intensas do que no passado. E a nossa Defesa Civil é uma referência nacional”, afirmou o secretário de Infraestrutura e Obras Públicas (Seinfra), vice-prefeito Bruno Reis, ao autorizar a aplicação de uma geomanta na Rua Baixa do Formoso, em Cosme de Farias, na manhã desta quarta-feira (10).

De acordo com Bruno Reis, a geomanta será aplicada em uma encosta de 2,5 mil metros quadrados, com investimento de R$ 345,9 mil, beneficiando 100 famílias. “Continuaremos avançando com esse importante trabalho. Em breve, lançaremos a licitação para a proteção de outras seis áreas de risco, onde aplicaremos R$ 12 milhões”, assinalou o vice-prefeito, que também autorizou a reforma de uma escadaria na comunidade.

Ao lado do deputado estadual Tiago Correia, do diretor-geral da Defesa Civil (Codesal), Sosthenes Macêdo, do secretário de Ordem Pública (Semop), Felipe Lucas, do titular da Prefeitura-Bairro, Luiz Galvão, e de diversos líderes comunitários, Bruno Reis disse que a gestão do prefeito ACM Neto já destinou R$ 200 milhões para proteger 280 encostas em Salvador. “Em seis anos e meio, resolvemos o problema de cerca de um terço das áreas de risco da nossa cidade”, frisou Bruno.

Para o diretor-geral da Codesal, a geomanta em Cosme de Farias vai garantir a segurança da população em períodos de chuva. Sosthenes destacou que a técnica inovadora de proteção de encostas já foi aplicada em 152 áreas de risco da capital baiana. Com duração média de cinco anos, superior ao tempo de resistência da lona comum, de três meses, a geomanta é formada por um composto de PVC e geotêxtil, com cobertura de argamassa jateada.

Compartilhe