Ciro faz aceno a Tebet como vice, mas senadora não abre mão de encabeçar chapa à Presidência

O pré-candidato do PDT à Presidência da República, Ciro Gomes, acenou com a possibilidade de ter a senadora Simone Tebet (MDB-MS) como vice em sua chapa nas eleições deste ano. A senadora também é pré-candidata ao Planalto e já afirmou, mais de uma vez, que não aceitará disputar as eleições como vice. Ela disse que abrirá mão da disputa caso não seja cabeça de chapa na disputa. Ciro disse que considera Tebet uma pessoa “diferente” dentro da terceira via.

“Eu tenho uma pessoa dessas aí [da terceira via] que eu respeito muito. Ela é diferente. Ela não é uma viúva do bolsonarismo igual o [João] Doria. Ela é uma pessoa que acho que vai ter um papel importante, que é a Simone Tebet”, disse Ciro em entrevista à Rádio Bandeirantes. O ex-ministro foi questionado sobre qual pré-candidato da terceira via ele aceitaria ter na chapa.

O emedebista também comentou a articulação do senador Renan Calheiros (AL) e do ex-senador Eunício Oliveira, do MDB, em torno da pré-candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). “Simone Tebet está sendo traída pelo próprio partido porque o Lula está corrompendo. Já está acertado com Eunício Oliveira e o Renan Calheiros, os mesmos do esquema do escândalo do Petrolão”, disse.

Os presidentes do MDB, PSDB e Cidadania discutiram nesta quarta-feira (11) os critérios para a escolha de um candidato único à Presidência da República que deve ser lançado pelas três legendas. Tebet é a pré-candidata do MDB e o ex-governador de São Paulo João Doria é o pré-candidato tucano.

Compartilhe