Terremoto de 6,4 graus atinge o extremo noroeste da Argentina

Tremor atingiu a província argentina de Jujuy e não teve danos ou vítimas relatadas

Um terremoto de 6,4 graus de magnitude na escala Richter atingiu a província argentina de Jujuy, no extremo noroeste da Argentina, na noite desta terça-feira, 10, sem danos ou vítimas relatadas até o momento. O Instituto Nacional de Prevenção Sísmica da Argentina (INPRES) chegou a informar inicialmente que o movimento telúrico teve uma magnitude de 6,8, mas logo corrigiu o número para baixo. O terremoto aconteceu às 20h06, horário local (mesma hora em Brasília), com epicentro localizado 177 km a oeste da cidade de San Salvador de Jujuy, capital da província de Jujuy, na fronteira com Chile e Bolívia. O terremoto, com hipocentro localizado a 234 km de profundidade, teve seu epicentro 32 km ao norte da pequena cidade de Catúa, em Jujuy, na região de Puna, e 36 km a sudoeste da cidade de Susques, na mesma região, e muito perto da fronteira com o Chile. O forte sismo foi precedido por outro, de 3,1 graus de magnitude e com epicentro em um local muito próximo, registrado quase meia hora antes.

Compartilhe