Confira a coluna “Olho de Tandera”, por Jones Almeida

Só observo

Esta coluna observou durante a aclamação ao ex-presidente Lula (PT), na inauguração da Policlínica de Santa Maria da Vitória, a claque de correligionários mobilizados pelo prefeito local, Tonho de Zé de Agdônio (PL), se engajou no coro lulista.
O prefeito já declarou apoio a ACM Neto, seguindo a liderança do deputado federal José Rocha (UB). Com a expectativa de nacionalização da campanha a governador, quem gostou da vibração pró Lula por parte dos seguidores do gestor Santamariense, foi o staff do pré-candidato a governador Jerônimo Rodrigues (PT).

O agitador

Coube ao secretário de relações institucionais, Luiz Caetano, o papel de agitador da massa presente à inauguração da Policlínica da Bacia do Rio Corrente. Diante da multidão abrigada em um gigantesco toldo, o ex-prefeito de Camaçari levantou a plateia ao rasgar elogios ao ex-presidente Lula. A partir daí o que se viu foi um verdadeiro ritual de louvação ao presidenciável petista.

Unha e carne?

Outra boa notícia para o governo durante a inauguração da Policlínica de Santa Maria da Vitória, foi a presença do ex-prefeito do município, Renatinho (PP), até então, tido como unha e carne com o vice-governador João Leão e nome certo na lista de apoiadores da candidatura a governador do ex-prefeito ACM Neto (UB). Renatinho transitou no evento trocando sorrisos e abraços com os correligionários do governador Rui Costa (PT).
Olhos de Tandera juram ter visto esta semana, uma forte discussão política entre Renatinho e João Leão. Para esses mesmo olhos, a briga pode significar o prenúncio da adesão do ex-prefeito da cidade do Oeste à a candidatura do petista Jerônimo Rodrigues.

As caravanas

A inauguração da Policlínica Regional de Saúde no município de Santa Maria da Vitória, no Oeste baiano, deu o que falar. Em clima de campanha , o evento estrelado pelo governador Rui Costa, contou com a presença de numerosas comitivas dos pré – candidatos a deputado estadual da região: Eures Ribeiro e Léo Visão. Durante a solenidade foi impossível não notar a grande mobilização das caravanas.

Pai e filho

A substituição de pai por filho na chapa de ACM Neto foi bem avaliada por aliados do ex-prefeito de Salvador. Para eles, a chegada do deputado Cacá Leão para a disputa ao Senado dá ainda mais força ao discurso da necessidade de renovação que Neto tem pregado em suas andanças pela Bahia. Já o João Leão, “Bonitão” já não aguentava o ritmo.

Medo do novo

No lado do grupo petista, a mudança foi encarada com preocupação, principalmente por causa do discurso da renovação, levando em conta que a chapa envelhecida da base governista supera os 60 anos. Interlocutores dizem que a preocupação vem de pesquisas, que apontam uma preferência maior do eleitor pela juventude.

Na hora certa

Três prefeitos que se dizem ferrenhos seguidores do governador Rui Costa (PT) já confidenciaram a seus deputados que só estão esperando o fim do prazo limite para pagamento dos convênios para pularem do barco e aderirem à pré-candidatura de ACM Neto. Um deles já garantiu que antes mesmo do início da campanha vai fazer uma festa para o ex-prefeito da capital em sua cidade.

Lá e Cá, Cá e Lá

Vereadores da chamada bancada independente, de Feira de Santana, estiveram com o pré-candidato ao Governo da Bahia, ACM Neto, em Salvador, nesta segunda-feira, 02. O encontro aconteceu menos de 1 semana depois dos edis, articulados pelo presidente da Câmara de Feira, Fernando Torres, declarar apoio ao candidato petista Jerônimo Rodrigues, na presença do governador Rui Costa. A bancada, que faz oposição a Colbert Martins, já passou a ser apelidada de “Lá e Cá, Cá e Lá”.

Deu às costas pra Rui

O prefeito de Barreira, Zito Barbosa, União Brasil, não recepcionou o governador Rui Costa, PT, nem participou da inauguração da Unidade de Oncologia do Hospital do Oeste, entregue pelo governo do estado na segunda-feira, 2. Na região comenta-se que a rejeição ao PT só não é mais produtiva do que a soja e o algodão que brotam daquela terra.

Geraldinho On

O presidente da Câmara de Vereadores de Salvador, Geraldo Jr, MDB, ativou o modo correria e, ao lado do seu companheiro de chapa, Jerônimo Rodrigues, PT, tem feito uma correria dobrada pelo interior da Bahia. Se não está em agenda da Caravana Mais Bahia, ou reunido com lideranças, está em agenda de governo ao lado do seu novo líder.

Oposição ganha mais 2

A bancada de oposição ao governador Rui Costa, na Assembleia Legislativa, deve agregar mais dois nomes nas próximas semanas. O movimento, segundo informou uma fonte de Olho de Tandera, estaria sendo capitalizado pela “insatisfação” de deputados com a articulação do governador Rui Costa.

Quebra pau

Por falar nos bastidores, circular o burburinho de que segue firme o “racha” entre grupos ligados ao governador Rui Costa e ao senador Jaques Wagner. O rumor é de que a animosidade já teria chegado até nas primeiras damas dos caciques petistas. A turma do deixa disso já entrou em campo.

João Roma e Jerônimo lá

O ex-ministro da Cidadania, João Roma, e o ex-secretário de Educação, Jerônimo Rodrigues, marcaram presença nos atos em defesa do presidente Jair Bolsonaro e do trabalhador, respectivamente, no primeiro de maio, em Salvador. Ambos são pré-candidatos na disputa pelo governo da Bahia contra o ex-prefeito ACM Neto.

Disparou

O Brasil vive sob sua maior inflação dos últimos 27 anos, no patamar superior aos 12%. E o cenário, com os reajustes constantes da gasolina, tende a se consolidar. O que pautará as eleições deste ano.

Dedo de Sidônio

O ex-presidente Lula pediu desculpas aos policias no ato do dia 01 de maio, deu uma parada no discurso de regular mídia e esqueceu o papo de defender o aborto.

Quer fazer barulho

Henrique Carballal deve retornar à Câmara de Vereadores em estratégia alinhada com o governador e o presidente da CMS, Geraldo Jr. O objetivo, apurou a coluna, é fortalecer a articulação da bancada de oposição com vistas a dar “trabalho” ao prefeito Bruno Reis.

João para deputado vai puxar votos

O vice-governador João Leão vai para a disputa de uma vaga na Câmara Federal e deve puxar votos para seu partido na proporcional. Com o poder eleitoral de Leão, ele pode puxar mais deputados que já imaginou. Foi assim que o PT queria Rui Costa, lembram?

Cadê o teleférico? 

Semana que vem eu conto…

Eu sou Jones Almeida, volto na próxima quarta-feira com a coluna “Olho de Tandera“. Ligado em tudo.

Compartilhe