Em ato a favor de Bolsonaro, Daniel Silveira diz que sua prisão foi inconstitucional

O deputado Daniel Silveira participou na manhã deste domingo (01) em ato a favor do presidente Jair Bolsonaro, em Niterói.

Em uma de suas falas, o parlamentar disse que sua prisão foi ‘inconstitucional’. “Pessoal, durante muito tempo eu fiquei calado. Então, queria agradecer publicamente primeiro o (deputado) Jordy. Ele esteve comigo o tempo todo, mandando algum emissário, um recado, enquanto eu estive naquela prisão inconstitucional, e ele foi um dos responsáveis pela articulação no Congresso junto com a Carla, Tadeu e outros deputados para que a injustiça fosse desfeita”, ressaltou.

Silveira também defendeu a liberdade dos “presos políticos”, como ele denominou. “O Brasil hoje tem presos políticos: Roberto Jefferson, eu, Oswaldo Eustáquio, Wellington Macedo, Alan dos Santos exilado, e vários outros que talvez eu não consiga nominar aqui. Isso é inadmissível em um país que grita democracia. Fala que tem democracia, mas age como ditadura. Então, não se dobrem perante a arbitrariedades estatais. Quem manda no Brasil somos nós”, disse.

Compartilhe