Subsídio do programa habitacional “Casa Verde e Amarela” sai de R$ 110 mil para R$ 130 mil

A partir de agora o benefício máximo para compra e construção de imóveis pelo Programa Casa Verde e Amarela vai ficar maior. Em áreas urbanas, o teto do subsídio sai de R$ 110 mil para R$ 130 mil. Já em regiões rurais o valor aumentou também, passando de R$ 45 mil para R$ 55 mil.

O programa foi lançado em agosto de 2020 e atende famílias residentes em áreas rurais com renda mensal de até R$ 7 mil e famílias de áreas rurais com renda de até R$ 84 mil por ano.

De acordo com governo federal, o reajuste acompanha o aumento nos custos atuais da construção civil.

A alteração se limita aos valores que já constam no orçamento de 2022, sem impacto orçamentário.

Além do reajuste, o novo decreto presidencial também instituiu o Comitê de Participação do Fundo de Arrendamento Residencial, órgão de assessoramento já previsto em Lei.

Compartilhe