Confira a coluna ‘Olho de Tandera’ por Jones Almeida

Menos uma

Não foi considerada surpresa a entrada da deputada Mirela Macedo (PSD) na bancada de oposição na Assembleia Legislativa (Alba). Desde o rompimento com a prefeita de Lauro de Freitas, Moema Gramacho (PT), a relação de Mirela com o grupo do governador Rui Costa tem andado estremecida. Contudo, nas últimas semanas, dizem parlamentares que acompanharam o caso, a situação piorou muito, o que levou a parlamentar para o lado liderado por ACM Neto. Ela já vinha soltando o verbo contra Rui e, inclusive, votou contra a venda do centro de convenções recentemente, o que já foi um indicativo de que o rompimento estava próximo.

Pulando fora

Com a adesão da deputada Mirela Macedo (PSD) ao bloco de oposição ao Governo Rui Costa, anunciada pelo líder da minoria na casa, deputado Sandro Régis (DEM), dois figurões da base do governador não ficaram nada bem na fita: o senador Otto Alencar, patrono do PSD na Bahia, que tem fama de técnico com o time todo na “mão”, e o secretário de relações institucionais, Luiz Caetano (PT), que além de ter feito dobradinha com a deputada em 2018, em Camaçari, onde Mirela teve pouco mais de 2.000 votos, vê sob o comando de sua pasta, depois da saída do deputado Robinho (PP), a segunda baixa oficializada na bancada da maioria.

Sem noção!

Essa semana teve Secretaria que anunciou pelos quatros cantos da cidade que está trazendo a novidade da Escola Digital (Salvador Digital). Uma fonte desta coluna garante que o “Salvador Digital” é um belo control V da moça.

Prêmio de Consolação

Ao que tudo indica, o prefeito de Camaçari, Antônio Elinaldo (UB), ganhou a queda de braço com seu Secretário de Administração, o ex-prefeito Helder Almeida (UB). Helder se movimentava fortemente como pré – candidato a deputado estadual. O problema é que seu desejo de retornar à ALBA batia de frente com o da primeira – dama, Ivana Paula, que freou por um tempo a sua pré – candidatura.
Com a caneta na mão até 2023, Elinaldo usou de sua “influência”, junto ao pré – candidato ao governo do estado, ACM Neto (UB), e conseguiu que seu auxiliar na prefeitura fosse “convidado” para compor o comando da campanha do ex – prefeito de Salvador.
Como para bom entendedor um telefonema é livro, Helder sabe que Neto não arriscaria estremecer a relação com um dos seus principais cabos eleitorais para bancar a sua candidatura. Em breve, para ficar bem na fita, o ex-prefeito poderá sair por aí a dizer que é coordenador da campanha de ACM Neto no estado. Assim como várias outras lideranças.

Lá vem a chefa!

As boas línguas já comentam que para resolver o problema da Secretaria Municipal  de Saúde, só colocando Ana Paula Matos. Gestora nata, a vice prefeita tem fama de chegar e resolver. Para as más línguas, ela acabaria com a farra política na secretaria.

Alô, AmBev. Dobra a produção aí em Madre de Deus

Tem gente que preferiu reviver tempos de bons relacionamentos com deputado estadual que até pouco tempo era inimigo mortal xingado em qualquer roda de conversa na cidade de Madre de Deus. O click fotográfico de uma conversa regada à cerveja mostra que pelo interesse pessoal, alguns políticos acendem velas.para diversos santos durante uma mesma missa. Triste cidade onde quem se arvora de paladino vive de baratino.

Pega a visão, presida Paulinho

Como falar da atuação da Câmara Municipal na cidade de Madre de Deus sem lembrar que aquela Casa pode ser mais transparente em seus atos. Tá ficando feio tanta explicação para coisas tão simples nos trabalhos legislativos. É transmissão ao vivo que cai, documentos com assinatura forjada conforme denúncias feitas por atuais e ex-vereadores, sem contar que muita gente reclama que o papel institucional se resume ao amém de uns e ao “também quero” de outros.

Disputa

Enquanto a tragédia se abatia sob várias famílias e empresários no Extremo Sul da Bahia, aliados do presidente Jair Bolsonaro e do governador Rui Costa entraram em cena para disputar quem faria mais pelos municípios desvastados. Rui, aliás, bateu forte no presidente. O detalhe é que o extremo sul baiano talvez seja a região mais “bolsonarista” do estado.

Ficou feio

Por falar em Bolsonarismo, uma audiência pública contra o passaporte da vacina, além questionar a medida, pôs em dúvida a eficácia da vacina. Pra completar a cena, um grupo de extrema-direita protestaram na porta da Assembleia Legislativa e causaram o maior tumulto. O acontecimento foi duramente criticado pelo presidente da Casa, deputado Adolfo Menezes)PSD).

Frente Ampla da Esquerda

Como adiantou esta coluna semana passada, os ponteiros estão acertados entre PT, PSB e PC Do B para formar a Federação Partidária, ou frente ampla, que almeja eleger 21 deputados estaduais.

Fábio 2024?

O que tem andado o ex secretário de saúde do Estado, vem chamando atenção. Segundo uma fonte dessa coluna, Fábio faz parte dos planos de Rui para 2024. Se mostrar força nas urnas, vira uma saída do grupo para enfrentar Bruno Reis na reeleição. Parece que ele esta gostando da missão

Eu sou Jones Almeida e volto na próxima quarta-feira com a coluna “Olho de Tandera“. Ligado em tudo.

Compartilhe