Sandro Régis cobra do governo ações para minimizar impactos da chuva no Extremo Sul; Jucuruçu tem situação mais grave

O deputado estadual Sandro Régis (Democratas), líder da oposição na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), cobrou nesta quarta-feira (8) do governo do estado ações para minimizar os impactos das chuvas que atingem o Extremo Sul. O parlamentar informa que a situação é muito grave, principalmente nos municípios de Teixeira de Freitas, Jucuruçu e Mucuri.

“Temos relatos de postos de saúde invadidos pela água, de falta de remédios e até de locais em que carros não conseguem chegar e só são acessados por helicópteros e barcos. É preciso que o governo do estado faça uma intervenção para ajudar os municípios, que estão sofrendo muito”, afirmou Régis.

O líder da oposição disse ainda que diversas pessoas tiveram que deixar suas casas, seja por risco de desabamentos ou por terem sido invadidas pela água. “Os prefeitos estão fazendo o que podem, mas não têm recursos financeiros nem materiais para dar avançar nas ações. O governo deve e precisa entrar em cena, não pode se omitir neste momento”, disse.

A situação mais grave é em Jucuruçu. Parte da cidade está completamente alagada, com casas destruídas e pessoas ilhadas, em cima de casas e prédios à espera de resgate. Além disso, hoje, o único acesso ao município é por via aérea, uma vez que a ponte sobre a BA-284, que liga Jucuruçu a Itamaraju, desabou.

“A estimativa é que a enchente tenha atingido algo em torno de 15 metros de altura, o que inviabiliza qualquer tentativa de acesso terrestre. É preciso que o governo, de forma urgente, acione o Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil para resgatar as pessoas que estão ilhadas e com suas vidas em risco”, afirmou.

Compartilhe