Fórum Empresarial discute iniciativas para fortalecer economia em Salvador

A Prefeitura realizou, nesta terça-feira (30), a segunda edição do Fórum Empresarial de Salvador na sede da Associação Comercial da Bahia (ACB), no bairro do Comércio. Promovido pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Emprego e Renda (Semdec), o evento contou com a presença do prefeito Bruno Reis; da vice-prefeita e secretária de Governo (Segov), Ana Paula Matos; da titular da Semdec, Mila Paes; do presidente da ACB, Mário Dantas; e de demais empresários de diferentes setores.

Realizada desta vez em formato presencial, o encontro atende ao compromisso da Prefeitura de incentivar a abertura para o diálogo entre o poder público e os diversos atores ligados à cadeia produtiva, fortalecendo o ambiente de negócios na capital baiana. O fórum é uma oportunidade de o empresariado contribuir com sugestões, críticas e ideias, no sentido de compartilhar desafios e traçar soluções para a consolidação e ampliação da economia local.

Na ocasião, o prefeito destacou que a administração municipal tem reunido esforços para promover diversos incentivos fiscais, a exemplo da isenção da taxa de vistoria para táxis e mototáxis; redução em 50% do PLL para empresas de pequeno porte; redução do ISS em cadeia para eventos, um dos setores mais impactados na pandemia e também para as agências de turismo; instituição de DAM único para eventos; e concessão de desconto no IPTU e na outorga onerosa para a rede hoteleira, como parte do Proturismo.

“Mesmo envolvida em uma força-tarefa para o enfrentamento da pandemia, a Prefeitura não deixou de se planejar. Elaboramos mais uma vez o nosso planejamento estratégico, apresentado no último dia 10 de novembro, com prazos para que os projetos possam sair do papel. Isso nos dá segurança e tranquilidade para assegurarmos os nossos compromissos com o desenvolvimento socioeconômico da nossa cidade”, afirmou Bruno Reis.

Algumas das obras e projetos já prontos e que devem ser entregues em breve, citados pelo prefeito, foram o Polo de Economia Criativa, com previsão de entrega para janeiro, e o CredSalvador, um microcrédito para Microempreendedor Individual (MEI), informais e pequenos comerciantes, com aporte de R$10 milhões, cuja plataforma deve ser lançada na próxima semana.

O presidente da ACB, Mário Dantas, agradeceu pelo espaço e diálogo constante com o empresariado e pediu que esforços sejam reunidos no sentido de apoiar as empresas, gerando emprego e renda para a cidade. “Essa é a nossa primeira reunião presencial do nosso fórum, uma iniciativa muito louvável do nosso prefeito que preza pelo bom diálogo e pela boa relação com todas as esferas, com todas as camadas e todas as entidades representativas da sociedade civil, e assim não poderia deixar de ser com a empresarial”, declarou.

Iniciativas – Durante o encontro, Mila Paes falou um pouco sobre os três eixos do planejamento estratégico que serão trabalhamos nos próximos anos. O primeiro deles é Capital da Inovação e Desenvolvimento Inclusivo, que tem como uma das medidas a aplicação em 20% da quantidade de startups e redução do tempo de abertura das empresas para até dois dias.

O segundo eixo é o Capital da Modernidade e Sustentabilidade, que possui metas como ampliar a rede de conectividade com a criação de mil pontos de acesso em prédios públicos, requalificação de 20 quilômetros de orla, e concessão de legitimação fundiária, beneficiando 20 mil famílias. O terceiro eixo do planejamento a ser trabalhado é Capital da Eficiência, que tem traz metas fiscais relevantes e outras medidas como facilitar o acesso da população aos serviços públicos.

“Quero agradecer a cada representante presente hoje. A ideia é termos essa aproximação cada vez maior com o setor econômico da nossa cidade. Termos um fórum cada vez maior para ouvir e entender os diversos segmentos e para que possamos pensar juntos e, de fato, nos unirmos pelo desenvolvimento da cidade, porque a Prefeitura sozinha não consegue fazer tudo e o empresariado sozinho também não consegue”, afirmou Mila.

Fortalecimento – O Fórum Empresarial de Salvador integra as ações do projeto de Melhoria do Ambiente de Negócios da Prefeitura, que envolve diversos órgãos de modo a fortalecer e ampliar a economia local. A proposta da Semdec é que a realização do fórum se repita a cada três meses, tornando-se um canal de comunicação contínuo com o setor.A primeira edição do Fórum Empresarial ocorreu no final de julho passado, de forma on-line.

Compartilhe