Bruno Reis faz apelo ao Itaú e diz que prefeitura não é responsável pelo Glauber Rocha

O prefeito de Salvador, Bruno Reis, DEM, fez apelo ao Itaú para que o espaço Glauber Rocha de cinema, que funciona na Praça castro Alves, não seja desativado. O democrata adiantou ainda que a prefeitura não é responsável pelo espaço desde o fim da década 70, quando a cessão do equipamento foi transferida para o Estado. O Núcleo Itaú Cultural informou ontem que também deixará de operar os espaços em Curitiba e Porto Alegre.

“Faço um apelo para que o Itaú possa rever essa posição, inclusive se quiser manter uma boa relação com a Prefeitura é fundamental que possa dar esse apoio ao cine Glauber Rocha. Nós operamos aqui diversos outros equipamentos e me coloco à disposição pra ajudar na solução, pra contribuir de alguma forma. Porque sei da importância do único cinema de rua da nossa cidade. Sei o quanto ele contribui pra o setor cultural, que foi o mais impactado durante toda a pandemia, foi o único que nenhum momento retornou e está nesse esforço em conjunto pra que ele possa retornar”, afirmou Reis.

O democrata participou, nesta sexta-feira, 17, de coletiva virtual em que apresentou o Meu Ponto Iluminado, projeto da Secretaria de Ordem Pública que pretende modernizar e tornar mais eficiente a iluminação dos pontos de ônibus da cidade.

Por Jones Almeida

Compartilhe