PGR denuncia Roberto Jefferson por incitar crimes contra instituições

A Procuradoria-Geral da República (PGR) denunciou Roberto Jefferson ao Supremo Tribunal Federal (STF) por incitação ao crime.

O presidente nacional do PTB, foi preso no último dia 13 após determinação do ministro Alexandre de Moraes.

Ao todo, a peça da subprocuradora Lindôra Araújo tem oito páginas. Em um dos documentos está a citação da publicação de um vídeo de agosto e diz que “de modo livre e consciente em um video postado em seu perfil nas redes sociais o ex-deputado praticou o crime de homofobia” ao realizar declarações preconceituosas.

Compartilhe