Justiça retira sigilo de documentos sobre compra da vacina Covaxin

A justiça federal acatou pedido da CPI da Covid e derrubou sigilo de documentos sobre a compra da vacina indiana Covaxin.

O Ministério da Saúde impôs o sigilo no início do mês sob alegação de que o processo ainda estava em fase preparatória “podendo sua divulgação prejudicar o andamento”. No entanto, a decisão da justiça afirma que a União “não trouxe aos autos elementos concretos que esclarecessem a motivação do ato”.

O juiz afirma que há “evidente interesse público em se saber como se procedeu uma contratação que envolveu o empenho de vultosa quantidade de recursos públicos”.

Compartilhe