Pazuello depõe à PF hoje em inquérito que apura prevaricação de Bolsonaro

O ex-ministro Eduardo Pazuello, depõe hoje (29), na Polícia Federal sobre o inquérito que apura se Bolsonaro cometeu o crime de prevaricação no caso da Covaxin.

A investigação quer saber se o presidente não tomou medidas adequadas após ser alertado das irregularidades pelo deputado federal Luis Miranda.

O irmão de Miranda é servidor da Saúde e foi quem alertou sobre possíveis irregularidades no contrato do imunizante. Em depoimento à CPI, os irmãos relataram que avisaram ao presidente.

Compartilhe