Renan alfineta Bolsonaro: “Saiu do hospital para entrar no Centrão”

Senador relator da CPI da ironizou a aproximação do presidente da República com os partidos de centro a um ano de tentar a reeleição

Opositor ao governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), o senador Renan Calheiros (MDB-AL) voltou a usar as redes sociais, nesta sexta-feira (23/7), para provocar o mandatário do país. Desta vez, o parlamentar ironizou a aproximação do chefe do Executivo federal com o Centrão, que tanto criticou durante sua candidatura.

Calheiros afirmou que “Bolsonaro saiu do hospital para entrar no Centrão”, relembrando que o presidente esteve internado recentemente para tratar uma obstrução intestinal.

Veja:

Renan passou a rivalizar com Bolsonaro em especial após assumir a relatoria da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid-19. Desde então, os dois têm trocados ofensas e acusações.

A relação entre o senador e o presidente também respingou nos filhos de Bolsonaro, em especial no senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ). O parlamentar carioca chegou a protocolar representação no Conselho de Ética do Senado Federal contra o relator da CPI.

O filho do presidente alega que o relator da CPI cometeu “abuso de autoridade” durante os trabalhos investigativos do colegiado. Flávio também afirmaou que Calheiros tem, na comissão, postura “dissociada da ética e dos deveres parlamentares”.

Ele ainda acusou o colega alagoano de agir “de forma tendenciosa para buscar incriminar testemunhas, fazendo uso de provas obtidas de forma ilícita e ilegítima”.

Compartilhe