Júnior Muniz diz que Leão não será candidato de Bolsonaro na Bahia: “especulação”

O deputado estadual Júnior Muniz, PP, afirmou nesta quinta-feira, 22, em conversa com este Classe Política, que é “especulação” o rumor de que o vice-governador João Leão seria o candidato do presidente Jair Bolsonaro ao Governo da Bahia. A informação ganhou força depois que o senador Ciro Nogueira, presidente nacional do Progressista, foi convidado a ocupar o Ministério da Casa Civil no Governo Federal. O presidente Jair Bolsonaro informou hoje que já oficializou o convite e defendeu a aliança com o PP, iniciativa que aumentou rumor de eventual costura na Bahia envolvendo a sigla, comandada por João Leão, e o ministro da Cidadania, João Roma, do Republicanos. Essa aliança garantiria um palanque forte no estado para Bolsonaro, o que interessa, segundo apurou a reportagem, ao Palácio do Planalto.

“Isso é especulação. Eu tenho certeza que o PT, PSD e PP e outros partidos vão andar juntos nessa próxima eleição. Em prol da sucessão do nosso governador Rui Costa, que provavelmente [o nome] é do nosso senador Jaques Wagner. Não tenho dúvida que os três partidos, que são os três maiores hoje da base, estarão juntos. O resto é especulação”, garantiu Muniz, que tem forte relação com o secretário de Relações Institucionais, Luiz Caetano.

Por Jones Almeida

Compartilhe