Brasileiro trabalhou 149 dias em 2021 apenas para pagar impostos, mostra estudo

Levantamento do Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação aponta que os encargos consomem 40,82% dos salários

O brasileiro trabalhou 149 dias em 2021 apenas para pagar impostos. O levantamento do Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT) aponta que a carga consome 40,82% dos salários. Na comparação com outros países, os dias trabalhados para pagar impostos no Brasil são inferiores a Dinamarca (179 dias), Finlândia e Noruega (159 dias), França (163 dias) e Alemanha (148 dias). O presidente executivo do IBPT, João Eloi Olenike, explica, no entanto, o retorno desses tributos em serviços à população. “Os tributos considerados são sobre a renda, sobre o patrimônio e sobre o consumo. Então para finalizar nesse ano de 2021, o brasileiro trabalhará até o dia 29 de maio, ou seja, 149 dias somente para pagar tributos. Resta saber se esses tributos, se a arrecadação será bem empregada para a melhoria da qualidade de vida da população”, ressalta. Em contrapartida, o reflexo da alta carga tributária brasileira e seu impacto no dia a dia da população coloca os 149 dias contra 74 dias dos Estados Unidos, 68 dias do Chile, 108 dias do México e 136 dias da Argentina. O levantamento do IBPT considera a diminuição das atividades econômicas do Brasil por causa da pandemia de Covid-19 e o isolamento social, a retração na produção e circulação de riquezas do país.

Compartilhe