ACM Neto diz que Bruno Covas foi um “exemplo de político” e “deixa marca do seu trabalho, perseverança e compromisso com a vida pública”

O ex-prefeito de Salvador ACM Neto e presidente nacional do Democratas lamentou a morte do prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), aos 41 anos, vítima de câncer. A morte foi confirmada neste domingo, 16, às 8h20.

“É muito triste ver o país ter que se despedir tão cedo de uma jovem liderança com a vocação pública de Bruno Covas. Político da minha geração, sei que ainda tinha muito a contribuir com São Paulo e com o Brasil”, disse Neto, em nota divulgada à imprensa.

Covas estava internado no Hospital Sírio-Libanês, localizado na região central da capital paulista, para tratar um câncer no sistema digestivo, com metástase óssea.

“Vamos continuar aqui com muita força, foco e fé, mas também com saudades de você, amigo Bruno. Um exemplo de político que deixou a marca do seu trabalho, perseverança, compromisso com a vida pública, e sempre leal com todos que tiveram o privilégio de sua convivência. Neste momento de profunda tristeza, quero prestar minha solidariedade aos familiares e amigos de Bruno Covas. Que Deus conforte a todos”, finalizou ACM Neto.

Compartilhe