Roberto Carlos sugere implantação do serviço de radioterapia no Hospital do Câncer de Juazeiro

O deputado Roberto Carlos (PDT) considera necessária a implantação de um serviço de radioterapia no Hospital do Câncer, em Juazeiro. Por isso, o parlamentar indicou tal melhoria ao governador Rui Costa, como forma de viabilizar a expansão da assistência oncológica da região.

Conforme ressaltou o pedetista, o Centro de Oncologia do Hospital do Câncer em Juazeiro atende pacientes dos 55 municípios da região, e faz parte de um projeto que visa descentralizar e regionalizar o atendimento de oncologia em todo o Estado, com assistência integral e multidisciplinar nas diversas áreas que compõem o tratamento contra o câncer.

“O que objetivamos aqui é que, assim como foi idealizado inicialmente, toda assistência seja realizada em um único lugar, desde as consultas clínicas, tratamentos, internação e o serviço de radioterapia, uma vez que na maior parte do tratamento contra o câncer, o tratamento radioterápico está incluído, por ser um serviço complementar, dada a sua importância no contexto de enfrentamento da doença”, justificou.

Segundo o legislador, a radioterapia tem como uma de suas maiores vantagens o fato de não ser um tratamento invasivo e de procedimento ambulatorial, onde o paciente recebe a radioterapia e vai embora. Ocorre que a ausência desse serviço no hospital, acaba trazendo mais transtornos e angústia para os pacientes, já tão debilitados física e emocionalmente, uma vez que para a complementação do tratamento é preciso se deslocarem para Feira de Santana ou Salvador, o que também gera custo com deslocamento.

“Ter uma cadeia diagnóstica e terapêutica onde o serviço de radioterapia não está incluso, o tratamento não fica completo, comprometendo a sua eficácia, por se tratar de uma especialidade muito importante na oncologia, onde cerca de 60% a 70% dos pacientes recebem radioterapia em suas etapas evolutivas”, afirmou. Conforme ressaltou o parlamentar, o objetivo do tratamento oferecido pelo centro de oncologia é mais um passo dado na consolidação da região do Sertão do São Francisco como referência médica no Nordeste. Ampliar e qualificar o acesso ao tratamento especializado do câncer com a radioterapia visa integralizar o tratamento em um mesmo hospital.

Compartilhe