Após morte de deputado por Covid, Lira suspende sessões da Câmara

Votação de propostas. Presidente da Câmara, Arthur Lira (PP - AL)

José Carlos Schiavinato (PP-PR) foi o primeiro deputado que morreu pela doença em pleno mandato, na noite de terça (13/4)

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), decretou, nesta quarta-feira (14/4), luto e suspendeu os trabalhos em comissões e plenário da Casa hoje, após a morte do deputado José Carlos Schiavinato (PP-PR) por Covid-19, na noite de terça (13/4).

“Com pesar, recebo a informação do falecimento do deputado e colega de partido José Carlos Schiavinato”, escreveu Lira.

“Estou decretando luto oficial na Câmara dos Deputados.Estão suspensos hoje todos os trabalhos em plenário e nas comissões. Minhas condolências aos familiares neste difícil momento”, acrescentou.

Schiavinato, de 66 anos, foi o primeiro deputado federal em mandato a morrer por causa do vírus. Antes, três senadores haviam sido vítimas – Major Olimpio (PSL-SP), de 58 anos, José Maranhão (MDB-PB), 87, e Arolde de Oliveira (PSD-RJ), 83.

Compartilhe