Doria diz que não fará uso de cloroquina: “Sigo os médicos, não Bolsonaro” ASSISTA

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou, nesta quarta-feira (12), que não está tomando cloroquina como tratamento contra o coronavírus, após testar positivo para a doença. Sobre o assunto, o político disse, em entrevista à CNN: “Só tomo aquilo que os médicos recomendaram, não o que o presidente Bolsonaro recomenda”.

“Os médicos não me recomendam cloroquina. Aliás, o Dr. [infectologista] David Uip não me prescreveu nenhum medicamento, apenas o isolamento”, acrescentou o governador.

Doria e a sua esposa, Bia Doria, testaram positivo para a Covid-19. Eles afirmaram que estão assintomático. O casal permanecerá em isolamento, por 10 dias.

O governador anunciou que está com a Covid-19 pelas redes sociais. Confira:

Compartilhe