Apóstolo diz que é processado por Rui Costa e comete intolerância religiosa; “ele vai doar para macumba”

O apóstolo Valdemiro Santiago, fundador da Igreja Mundial do Poder de Deus, afirmou, neste domingo, durante celebração de culto religioso transmitido pela internet, que está sendo processado pelo governador da Bahia Rui Costa (PT). Ao revelar a informação Santiago comete intolerância religiosa ao dizer que a indenização ganha da suposta causa pelo político baiano será doada para “a macumba”.

“Ele (Rui) disse que o dinheiro que ele ganhar de mim ele vai doar na macumba”, declara no vídeo Valdomiro.

“Recebi uma notícia que o governador da Bahia está me processando. Ele falou. A macumba vai ter que esperar. Eu sinceramente não acredito que ele tenha falado isso, um homem eleito pelo povo. Ele deve saber que 90% dos baianos gostam da nossa obra, da gente. Sabem do nosso senso de justiça e coerência”, disse o líder religioso, um dos apoiadores do presidente Jair Bolsonaro. Até o fechamento desta matéria, o governador Rui Costa não tinha se pronunciado sobre o caso.

Por Jones Almeida

ASSISTA AO VÍDEO

View this post on Instagram

O apóstolo Valdemiro Santiago, da Igreja Mundial do Poder de Deus, disse em evento religioso, neste domingo, que está sendo processado pelo governador da Bahia, @ruicostaoficial. Na gravação, em clara declaração de intolerância religiosa, Santiago diz que o líder baiano vai "doar" o dinheiro ganho na suposta causa para a "macumba". "Ele (Rui) disse que o dinheiro que ele ganhar de mim ele vai doar na macumba", diz em trecho do vídeo. "A macumba vai ter que esperar", ironiza. O apóstolo Valdemiro Santiago é um dos líderes religiosos no Brasil que apoia o presidente @jairmessiasbolsonaro. Detalhes no site ➡️ CLASSEPOLITICA.COM.BR ✅ Link na Bio. #ClassePolítica #Bahia #Política #RuiCorreria

A post shared by Classe Política (@classepoliticaoficial) on

Compartilhe