Kiki Bispo se posiciona sobre articulação para derrubar PEC na AL-BA: “retrocesso”

O vereador Kiki Bispo (DEM) se posicionou sobre a articulação na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) para derrubar a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que veta a reeleição para presidência. O edil classificou a ação como um retrocesso que fere a democracia.

“Admitir derrubar a PEC que impede à reeleição é um retrocesso e um ataque à democracia. Não é admissível uma Casa Legislativa retroceder dessa forma e tornar inválida uma lei já vigente com a anuência dos parlamentares. Essa prática pode abrir, inclusive, precedente para que atitudes como essa se tornem comuns. Na Câmara de Salvador, com certeza, essa tentativa teria meu voto contra”, disse o edil, que também é vice presidente da CMS.

Conforme as recentes informações da imprensa há uma tentativa para derrubar a PEC que veta a reeleição. Em abril de 2017 a Assembleia Legislativa aprovou, por unanimidade o texto.

Compartilhe