Salvador terá feriados antecipados para ampliar isolamento social

A Prefeitura de Salvador e o governo do Estado anunciaram hoje (22) a antecipação para a semana que vem de três feriados, sendo dois estaduais e um municipal. O São João, no dia 24 de junho, e a data comemorativa à Independência da Bahia, em 2 de julho, serão os feriados estaduais antecipados para as próximas segunda (25) e terça (26). O municipal, transferido para a próxima quarta (27), será o 8 de dezembro, ou seja, o dia de Nossa Senhora da Conceição da Praia, padroeira da capital.

Na quinta (28) e na sexta (29), um decreto estadual e municipal vai suspender as atividades que não são essenciais na cidade. Com isso, Salvador terá uma semana com isolamento social reforçado e ampliado, com o objetivo de reduzir ainda mais a taxa de transmissão do novo coronavírus e diminuir o ritmo de ocupação dos leitos clínicos e de UTI, conforme explicaram, em coletiva virtual realizada na tarde de hoje, o prefeito ACM Neto e o governador Rui Costa. 

Durante a semana que vem, só estão autorizados a funcionar as atividades consideradas essenciais pela Prefeitura e governo do Estado, a exemplo de farmácias, supermercados e serviços de saúde. Agências bancárias poderão funcionar na quinta e na sexta. Haverá fiscalização por parte da força-tarefa liderada pela Secretaria de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur) e que tem o apoio da Polícia Militar da Bahia (PM-BA).

“Realizamos ontem (21) uma reunião com o governador Rui Costa para analisar o comportamento do coronavírus na capital e na Bahia. Levando em conta a curva de casos da doença e também a projeção de ocupação de leitos nos hospitais nas próximas semanas, decidimos adotar essa medida para conter a disseminação e evitar o colapso no sistema de saúde. Estamos atuando no limite”, disse ACM Neto.

Retomada – A meta, segundo o prefeito, é reduzir a taxa de transmissão para menos de 5%. Atualmente, esse percentual está na casa dos 6%. “Dessa forma, para reduzir a taxa de transmissão, essa medida conjunta com o governo do Estado era necessária até para encurtar o período de retomada das atividades econômicas. Estamos conversando com os principais setores econômicos da cidade, elaborando protocolos de reabertura, o que esperamos que comece a acontecer já a partir de junho, claro que dialogando com o Estado”, afirmou o prefeito.

Além disso, ACM Neto avaliou que a antecipação dos feriados vai ajudar na retomada na medida em que isso é feito em um período onde a atividade econômica está desacelerada em função da pandemia. “Esses feriados que estamos antecipando cairiam em dias de semana e alguns seriam feriadões, ocorrendo em um momento em que, esperamos, a retomada seja uma realidade. Estamos antecipando essas datas para a semana que vem, o que vai ser bom para todo mundo nesse momento em que precisamos conter o coronavírus com mais firmeza, quando teremos apenas dois dias de sacrifício, a quinta e a sexta”, declarou. 

Critério – O governador Rui Costa afirmou que, além de Salvador, oito municípios também anteciparão feriados estaduais e municipais para semana que vem, adotando a mesma estratégia para conter a Covid-19. Os critérios para a seleção desses municípios foram dois: o maior número de casos de contaminação e a linha de corte de 100 ocorrências para cima até agora. “Se outros prefeitos acharem que devem adotar a mesma estratégia, também será possível”, salientou.  

Ele reforçou a importância da medida. “É uma medida de choque para que não faltem leitos até o final da próxima semana em Salvador. Além disso, quando baixamos o patamar da taxa de transmissão para 5%, e esperamos que essa medida seja decisiva nesse sentido, vamos pensar em um retorno gradual da atividade econômica”.

Compartilhe