Trump ameaça banir voos do Brasil: “Não quero pessoas vindo infectar”

O presidente norte-americano Donald Trump disse nesta terça-feira (19) que considera banir voos entre o Brasil e os Estados Unidos por causa do crescimento do número de casos de coronavírus.

“O Brasil está tendo problemas, sem dúvidas”, disse Trump em entrevista coletiva. “Eu não quero pessoas vindo infectar nosso povo”, justificou ele, sem anunciar uma data ou se a decisão está tomada.

Trump disse que não quer que mais americanos fiquem doentes. “Também não quero as pessoas lá [no Brasil] doentes. Por isso estamos ajudando com respiradores, que eles precisam”, afirmou.

Veja as declarações do presidente Donald Trump sobre o Brasil (em inglês):

Críticas

Desde o fim de abril, Trump tem adotado tom crítico no tratamento da pandemia pelo Brasil. No dia 28, ele disse que existia um “grande surto” de coronavírus no país e sugeriu que pode haver restrições de voos com a América Latina.

Desde então, o mandatário norte-americano não amenizou o tom nas críticas. Segundo cientistas que orientam as suas ações, há a perspectiva que o Brasil chegue à marca de 90 mil mortes pela doença.

Compartilhe