Coronavírus: governo zera imposto de importação de 61 produtos; confira lista

Ministério da Economia zerou os impostos de importação de 61 produtos farmacêuticos e médico-hospitalares utilizados no combate à Covid-19, doença causada pelo coronavírus.

A redução a zero das alíquotas inclui kits para testes de coronavírus, equipamentos e aparelhos médico-hospitalares, cloroquina, hidroxicloroquina, azitromicina e imunoglobulina.

Também entram na lista itens como álcool etílico, cloreto de sódio puro, oxigênio e dióxido de carbono medicinais, gaze, água oxigenada, lençóis de papel, luvas de proteção, esterilizadores, agulhas, equipamentos de oxigenação e de entubação, aparelhos de respiração artificial, termômetros, instrumentos e aparelhos para diagnóstico.

Os tributos ficam zerados até 30 de setembro. A portaria com a determinação foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta quinta-feira (26).

A lista foi elaborada pelos ministérios da Saúde e da Economia, em conjunto com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Alguns produtos tinham tarifas de importação de até 35%.

O governo havia zerado a alíquota de importação de 50 produtos, incluindo itens como luvas médico-hospitalares, álcool em gel, máscaras, termômetros clínicos, roupas de proteção contra agentes infectantes, óculos de segurança e equipamentos respiradores, dentre outros.

Compartilhe