Coronavírus: Alan Sanches pede ao governo aquisição de EPIs e treinamento para profissionais da saúde

O deputado estadual Alan Sanches (Democratas) pediu nesta quinta-feira (26) ao governo do estado a aquisição de maior quantidade de equipamentos de proteção individual (EPIs) para os profissionais da área da saúde que atuam diretamente no combate ao coronavírus. O parlamentar informou que tem sido procurado por médicos e enfermeiros, que relatam também a falta de informações e de treinamento sobre como atender casos confirmados ou suspeitos do Covid-19.

“O governo tem trabalhado para combater o vírus, ampliando o número de leitos e tomando medidas importantes. Agora, os profissionais da saúde, que estão na linha de frente dessa batalha, solicitam mais EPIs e treinamentos, pois muitos não tiveram informações mínimas de como lidar com os casos suspeitos ou confirmados. Há, também, uma preocupação em relação à qualidade dos EPIs. Isso tem gerado apreensão entre os profissionais”, diz o parlamentar, que é médico.

Sanches diz que um profissional do Hospital Roberto Santos relatou não ter EPIs adequados, como óculos e máscaras N95. Ele relatou ao parlamentar as dificuldades: “Não temos óculos. Estamos recebendo 2 máscaras cirúrgicas por plantão de 12 horas. Se chegar alguém com suspeita de Covid não temos noção do que fazer. O que sabemos é o que vimos nos vídeos, na TV, nessa enxurrada de fake news”, contou.

Além disso, sindicatos que representam categorias da área da saúde também estão solicitando condições adequadas para atuarem no combate ao Covid-19. O Sindicato dos Médicos, por exemplo, foi aos ministério público do Estado da Bahia e do Trabalho da 5ª Região para exigir o fornecimento de equipamentos de proteção individual adequados, tanto na rede pública quanto na privada.

“Estes profissionais estão no front desta batalha e precisam, naturalmente, das condições mínimas de proteção. Não podemos esquecer que eles também são pais e mães de família, que também precisam de cuidados. Importante ressaltar que essa é a hora de buscarmos, juntos, as soluções para os problemas e trabalharmos todos unidos para impedir o avanço do coronavírus”, frisou.

Compartilhe