Prefeitura de Salvador usa carros de som para alertar população sobre o coronavírus

Diante da importância de reforçar o isolamento social como medida fundamental para contenção do coronavírus, a Prefeitura utiliza 100 carros de som para disseminar forte campanha educativa e orientar que os moradores permaneçam em casa durante a pandemia. Os veículos estão circulando, dia e noite, por todos os bairros da capital baiana.

O trabalho tem sido mais intenso nas regiões mais populosas, por conta do comércio de rua e presença de feiras livres. As mensagens de conscientização serão levadas à população até o final de abril, podendo ter o prazo prorrogado, caso haja necessidade. O alerta é claro: “Atenção! Vá para casa, o coronavírus está causando mortes em todo mundo, a única vacina é o isolamento. Vá para casa, não fique na praça, nem na rua. Não coloque em risco a sua vida, nem a de sua família. Fique em casa! Prefeitura e você contra o coronavírus”.

Logo no começo da manhã desta quarta-feira (25), o vendedor João Vitor Vieira, 24 anos, recebeu a mensagem do carro de som que passou pela Rua João de Macaúbas, local onde reside com a família. Afastado do trabalho desde a semana passada, o rapaz considera a circulação dos veículos fundamental para ajudar a conscientizar a população sobre a importância de ficar em casa.

“É uma forma a mais de alertar. Essas ações, somadas ao trabalho da mídia, têm sido fundamentais nesse momento. Além de ver na televisão, estamos ouvindo no bairro onde a gente mora o carro de som passando e avisando para gente e para nossa família. Essa divulgação de informações ajuda principalmente aos nossos idosos. É uma medida que aproxima muito o poder público da comunidade e mostra a preocupação com as localidades mais periféricas”, afirma o jovem, acrescentando que a ação funciona e ajuda a inibir a saída das pessoas.

A distribuição dos veículos de som é feita através das dez regionais, sendo dez carros para cada regional. O cronograma, alterado dia a dia para que todas as ruas dos bairros sejam visitadas, é elaborado pelos gestores das Prefeituras-Bairro.

Compartilhe