Ex-secretário de Temer é alvo da Lava Jato no Rio

A Polícia Federal (PF) cumpre 32 mandados de busca e apreensão e nove de prisão preventiva e temporária no Rio de Janeiro, na manhã desta quinta-feira (05), em mais uma fase da Operação Lava Jato. Entre os alvos está o ex-secretário nacional de Justiça do governo de Michel Temer, Astério Pereira dos Santos. Ele esteve no cargo em 2017.

Até o momento, os agentes já prenderam sete pessoas. Os mandados foram expedidos pelo juiz titular da 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro e responsável pela Operação Lava Jato no estado, Marcelo Bretas.

De acordo com o jornal O Globo, o ex-secretário é suspeito de ter participado do esquema de corrupção do ex-governador do Rio Sérgio Cabral. A PF investiga possível participação de Astério no desvio de recursos do Fundo Especial do Tribunal de Contas do estado.

Como ex-secretário nacional de Justiça, Santos era responsável por ações de repatriação de ativos desviados por aqueles que foram acusados de corrupção.

Aguarde mais informações.

Compartilhe