Bolsonaro rebate Paulo Guedes: “Dólar está um pouquinho alto”

Após o ministro Paulo Guedes comemorar a valorização do dólar e dizer que a baixa da moeda norte-americana permitiu que empregadas domésticas fossem à Disney, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse que o câmbio “está um pouquinho alto”.

Ao deixar o Palácio da Alvorada nesta quinta-feira (13), o presidente, no entanto, não quis comentar a polêmica declaração do ministro da Economia. “Pergunta pra quem falou isso. Eu respondo pelos meus atos”, limitou-se a dizer.

Bolsonaro indicou que conversa com o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, sobre a alta do dólar, mas evita interferências nas decisões da instituição. “Vocês sabem que eu entendo para burro de economia, sabem disso. E está dando certo por causa disso, porque eu não interfiro”, comentou.

Entenda
Ao comentar a alta dólar nessa quarta-feira (12/02/2020), que chegou a R$ 4,35, o ministro disse que o brasileiro devia visitar destinos nacionais. “Vai passear em Foz do Iguaçu. No Nordeste, está cheio de praia bonita. Vai passear pelo Brasil, vai conhecer o Brasil. Todo mundo tem que ir para a Disneylândia conhecer, mas não três, quatro vezes por ano”, afirmou.

Prevendo as críticas, Guedes ironizou: “Antes que falem que ‘ministro diz que empregada doméstica estava indo para Disneylândia’, não. Está dizendo que o câmbio estava tão barato que todo mundo estava indo”. Para ele, “não tem negócio de câmbio a R$ 1,80” — com o valor mais baixo, se exportaria mais e se perderia no turismo interno.

Compartilhe