UFBA desenvolve teste rápido para detecção do coronavírus

Pesquisadores da Universidade Federal da Bahia (UFBA) desenvolveram um teste rápido que pode, segundo eles, identificar o coronavírus em aproximadamente três horas. Para o exame, eles utilizam um equipamento específico que, pela sensibilidade, consegue detectar melhor o vírus.

Ao G1, o virologista Gúbio Soares, que ficou conhecido nacionalmente por identificar o zika vírus, afirmou que o equipamento é automatizado e que hospitais do Brasil todo podem mandar amostras suspeitas para que eles façam a confirmação.

“Já existe uma normativa de fluxo para os laboratórios públicos, mas nós queremos oferecer nossa capacidade técnica, científica de um descobrimento de vírus, que a gente tem trabalhado aqui, para oferecer ao estado, ao país, à população, e beneficiar principalmente o povo”, afirmou ele.

Coronavírus
No Brasil, segundo a última atualização do Ministério da Saúde, são oito casos sob suspeita e ainda não houve qualquer confirmação. Neste domingo (09/02/2020) pousaram em Anápolis (GO) os brasileiros repatriados de Wuhan, na China, epicentro da doença.

Compartilhe