BC decreta liquidação de corretoras de câmbio

O Banco Central (BC) decretou hoje (10) a liquidação extrajudicial de duas corretoras de câmbio, a Torre, com sede em São Paulo, e a JN-Maxi, de Salvador.

Segundo comunicado do BC, as corretoras foram liquidadas por “graves violações às normas legais e regulamentares que disciplinam a atividade” das instituições.

De acordo com o BC, as operações da Torre e da JN-Maxi representam, respectivamente, 0,0095% e 0,0068% do movimento do mercado primário de câmbio no Brasil, considerado o período de janeiro a setembro de 2019. “Não estão ligadas a conglomerados bancários, tendo baixíssima relevância no SFN [Sistema Financeiro Nacional]”, diz o BC em nota.

Compartilhe