De 2013 para cá, muita água rolou por debaixo da ponte”, diz Paulo Azi

O deputado federal Paulo Azi, presidente do Democratas na Bahia, afirmou hoje que “o vice-governador João Leão certamente teve um grande lapso de memória ao esquecer o que significaria um acordo de cooperação técnica com a prefeitura”.

“O projeto da ponte vem sendo tocado pelo governo do estado à revelia dos interesses da Prefeitura e da população de Salvador. Isto é fato. Um documento supostamente assinado em 2013 não pode ser justificativa para que os interesses da cidade sejam escamoteados e deixados para trás. De 2013 para cá, muita água rolou por debaixo da ponte”, frisou o deputado.

Ainda de acordo com Azi, desde que o Estudo de Impacto Ambiental (EIA) e seu correspondente Relatório RIMA foram apresentados ao governo pelo INEMA, a discussão sobre a ponte entrou numa caixa preta à qual ninguém mais teve acesso.

“Se não tivermos o direito e o dever de fiscalizar uma obra dessa envergadura com a cautela que o empreendimento exige, teremos acesso à caixa preta somente após o primeiro acidente ambiental que vier a ocorrer na Baía de Todos os Santos. E isso nós não iremos permitir”, ponderou o deputado.

Compartilhe