Trade turístico já articula eventos para o Centro de Convenções de Salvador

Representantes do trade turístico da capital baiana, que estiverem presentes no evento de assinatura do contrato de concessão do Centro de Convenções de Salvador (CCS), nesta terça-feira (10), na orla da Boca do Rio, comemoraram a conclusão de mais uma etapa que garantirá o pleno funcionamento do equipamento a longo prazo.

A GL Events, multinacional francesa que administra os principais centros de convenções do Brasil, se tornou oficialmente a gestora do equipamento pelos próximos 25 anos, ficando responsável tanto pela manutenção quanto pela captação e contratação de atrações nacionais e internacionais.

Com a entrega do Centro de Convenções de Salvador em dezembro, a expectativa é que turismo de eventos e negócios seja alavancado e que a cidade volte a estar no topo dos principais destinos do Brasil não só no Verão, mas durante todo o ano.

“Isso é um sonho que se torna realidade. Felizmente, o prefeito ACM Neto entende que o turismo é a mola propulsora nos negócios da cidade. Esse equipamento vai fazer com que nossa baixa estação, que é o nosso período de ocupação menor, cresça exponencialmente”, declarou o presidente da Federação Baiana de Hospedagem e Alimentação (Febha), Sílvio Pessoa.

Para o vice-presidente da Associação Brasileira das Agências de Viagens Bahia (Abav-BA), Jorge Pinto, o Centro de Convenções de Salvador vai gerar impactos positivos em toda a cadeia de serviços ligados ao turismo, promovendo renda e emprego. “Hoje é um dia muito importante, um marco na história do turismo de negócios para nós agentes de viagem. Estamos praticamente há 10 anos sem um centro de convenções. Salvador teve muita perda”, disse.

“A empregabilidade será retomada a partir da inauguração desse centro. A retomada de negócios acontece com três, quatro anos de antecedência, mas iremos de imediato ter turismo sob consulta. Existe grande expectativa da agenda do Centro de Convenções com nossos agentes de viagem, que já estão fazendo contato no Brasil e exterior para que essa retomada já comece a acontecer no próximo ano”, acrescentou Jorge Pinto.

Com 37 mil m² de terreno construído em uma área de pouco mais de 103 mil m², as instalações do Centro de Convenções de Salvador são em formato de uma pomba, símbolo da bandeira da cidade. O equipamento terá capacidade para receber 14 mil pessoas simultaneamente em congressos e convenções.

O espaço contará ainda com oito auditórios moduláveis de 800 metros quadrados cada. Terá também seis salões de 522 metros quadrados cada, 12 salas de 236 metros quadrados e 28 de reuniões que irão virar camarotes tanto para os shows externos quanto internos. O estacionamento será para mais de 1,4 mil veículos. O equipamento terá três pavimentos e será 100% climatizado e com acessibilidade.

Compartilhe