Targino Machado comenta pesquisa e promete fortalecer movimento ‘Pensar Feira de Santana’

O líder da oposição na Assembleia Legislativa, deputado estadual Targino Marchado (DEM), nesta terça-feira(11), comentou que “não é candidato” a prefeito de Feira de Santana, apesar de aparecer em terceiro lugar com 13,2% das intenções de votos na pesquisa estimulada realizada pela empresa EQUALIP Consultoria Estatística. O parlamentar, que está atrás apenas do atual prefeito Colbert Martins (13,8%) e do deputado federal Zé Neto (25,5%), disse, no entanto, que vai atuar para viabilizar uma candidatura alternativa ao do grupo político comandado por seu correligionário, o ex-prefeito Zé Ronaldo (DEM), e que pretende dialogar com todas as forças do município para fortalecer o movimento “Pensar Feira de Santana”.

“Eu sou candidato a tentar uma alternativa diferente do que existe em Feira de Santana há 20 anos”, frisou Targino, crítico ferrenho de Zé Ronaldo. “Eu sou contra o instituto da reeleição porque dá nisso aí. O camarada se reelege e começa a achar que o município é dele, que o estado é dele. Então, eu sou contra isso, porque parto do pressuposto de que um dos pilares fundamentais da democracia é a alternância de poder”, enfatizou o deputado, antes de concluir. “Eu quero é conversar com Dilton Coutinho (apresentador de rádio), já conversei com Carlos Geilson, já conversei com Roberto Tourinho, vou conversar com todos os seguimentos, inclusive empresariais, vou procurar Jodilton. Jodilton não pode ficar de fora do movimento ‘Pensar Feira de Santana’. A gente precisa estabelecer novos rumos, não é só novos nomes não, novos rumos para Feira de Santana”, finalizou.

Por Jones Almeida

Compartilhe