Salvador: Mercado da Liberdade atrai cerca de 200 consumidores após reabertura

Desde que foi reaberto, na última sexta-feira (25), o Mercado Municipal da Liberdade tem conquistado os consumidores. Nos últimos três dias, cerca de 200 pessoas foram ao local, e para esse final de semana a expectativa é que outras 300 passem por lá. Ao todo, 18 boxes comercializam pescados, carnes, legumes e alimentos prontos. O carro chefe é a variedade de peixes e crustáceos, como corvina, dourado, merluza, badejo, camarão, caranguejo e lambreta, sempre frescos. Para conquistar ainda mais a clientela, alguns comerciantes tratam o peixe na hora.

“A reabertura era um anseio da população, que reivindicava mais opções para aquela região. O equipamento tem gerado emprego e renda para as pessoas, além de ter conferido mais conforto e segurança para os comerciantes”, afirma Marcus Vinícius Passos, titular da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop), órgão responsável por administrar o estabelecimento.

O Mercado da Liberdade funciona de terça-feira a sábado, das 6h às 17h, na Rua Gonçalo Coelho, s/n, na área da antiga Cesta do Povo. Esse fim de semana, dez barracas vão vender produtos artesanais, como confecções em crochê e tricô, bijuterias, bolsas e sapatos customizados, além de peças decorativas.

Outros equipamentos – A Prefeitura administra ainda o Mercado Municipal de Cajazeiras, o Núcleo de Abastecimento, Comércio e Serviços (Nacs) Itapuã e o Mercado Municipal de Periperi. Normalmente, esses estabelecimentos funcionam de 6h às 18h. Há ainda o Mercado Popular de Água de Meninos (Mercado do Peixe), que funciona de terça a sábado, das 6h às 17h, domingo de 6h ao meio dia, e na segunda-feira permanece fechado para manutenção. O Mercado Dois de Julho e o das Flores funcionam todos os dias, das 6h às 18h, exceto aos domingos, quando fica aberto até o meio dia.

Compartilhe