Embraer negocia suspensão de contratos para 2 mil empregados

A Embraer iniciou nesta quinta-feira, 10, negociações com o Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos para o estabelecimento de um acordo de lay-off para até 2 mil empregados, distribuídos em grupos, ao longo de dois anos.

A proposta da Embraer prevê a suspensão temporária do contrato de trabalho por um período de dois a cinco meses, com o lay-off podendo ser realizado entre janeiro de 2017 e dezembro de 2018. O plano diz respeito à unidade de São José dos Campos (SP), e, inicialmente, será restrito às equipes de produção da companhia, mas poderá ser estendido às demais áreas da empresa. A proposta prevê a participação dos empregados em cursos ou que estejam nos programas de qualificação profissional.

“Essa é mais uma iniciativa planejada pela empresa com o objetivo de ajustar o ritmo do trabalho à queda da demanda global por produtos e serviços”, diz a Embraer, em comunicado à imprensa. A próxima reunião entre as partes está agendada para 23 de novembro.

Compartilhe