Índice do Medo do Desemprego cresceu 1,2% em setembro

O Índice do Medo do Desemprego aumentou 1,2% em setembro na
comparação com junho. Foi a sexta alta consecutiva do indicador, que
alcançou 77 pontos, o maior desde novembro de 2009, segundo informou
hoje (2) a Confederação Nacional da Indústria (CNI), na pesquisa
trimestral Medo do Desemprego e Satisfação com a Vida.

Nos últimos seis meses, o Índice de Medo do Desemprego teve alta de
11,6%. Na comparação com setembro do ano passado, o indicador ficou 6,2%
maior.

De acordo com a CNI, embora o temor com o desemprego esteja crescente, os brasileiros estão mais satisfeitos com a vida.

O
Índice de Satisfação com a Vida, que registrou 103,8 pontos em
setembro, é o maior desde março de 2013. O indicador ficou 0,7% superior
ao registrado em junho deste ano e 0,6% acima do índice de setembro de
2013. De acordo com a pesquisa, foram dois trimestres consecutivos de
crescimento do índice, o que não ocorre desde novembro de 2009.

A pesquisa ouviu 2.002 pessoas em 142 municípios entre 5 e 8 de setembro.

Compartilhe