Morre o empresário Antônio Ermínio de Moraes do Grupo Votorantim

O empresário Antônio Ermínio de Moraes morreu neste domingo, aos 86
anos, em casa, em São Paulo. Antônio era presidente de honra do Grupo
Votorantim e foi vítima de insuficiência cardíaca.

O velório começou por volta de 9h desta segunda no Salão Nobre do
Hospital Beneficência Portuguesa. A partir de 6h, o cortejo segue até o
Cemitério do Morumbi, onde o corpo será enterrado.

O empresário era engenheiro metalúrgico e iniciou sua carreira em
1949 no Grupo Votorantim, que atua em diversas áreas, como cimento,
química, alumínio, eletricidade, entre outros. Ele foi o responsável
pela instalação da Companhia Brasileira de Alumínio, inaugurada no ano
de 1955. Antônio já esteve na lista das pessoas mais ricas do Brasil,
com uma fortuna avaliada em cerca de 12 bilhões de dólares.

Ermínio deixa esposa e nove filhos.

Leia abaixo, na íntegra, a nota da companhia lamentando a morte do empresário:

É com grande pesar que o Grupo Votorantim comunica o falecimento
do Dr. Antônio Ermírio de Moraes, aos 86 anos, na noite deste domingo,
24 de agosto, em São Paulo.

Presidente de honra do Grupo Votorantim, Dr. Antônio era
engenheiro metalúrgico formado pela Colorado School of Mines (EUA) e
iniciou sua carreira no Grupo em 1949, sendo o responsável pela
instalação da Companhia Brasileira de Alumínio, inaugurada em 1955.

Com o falecimento do Dr. Antônio Ermírio de Moraes, o Grupo
Votorantim perde um grande líder, que serviu de exemplo e inspiração
para seus valores, como ética, respeito e empreendedorismo, e que
defendia o papel social da iniciativa privada para a construção de um
país melhor e mais justo, com saúde e educação de qualidade para todos.

Dr. Antônio deixa a esposa, Dona Maria Regina Costa de Moraes, com
quem teve nove filhos. O corpo será velado a partir das 9h desta
segunda-feira no Salão Nobre do Hospital Beneficência Portuguesa e o
cortejo sairá ? s 16h rumo ao Cemitério do Morumbi, onde o corpo será
enterrado.

Compartilhe