Lauro de Freitas: Radares serão instalados na Estrada do Coco

Com intuito de evitar acidentes e garantir a segurança no trânsito, a Prefeitura Municipal de Lauro de Freitas (PMLF), por meio da Secretaria de Trânsito, Transporte e Ordem Pública (Settop) assinou o contrato que prevê a instalação do sistema de fiscalização eletrônica em Lauro de Freitas.

O documento formalizado pelo prefeito Márcio Paiva, nesta segunda-feira (7), na Secretaria de Cultura (Secult), em Portão, contempla a instalação de 32 fotossensores e a distribuição de talonários eletrônicos que serão usados por agentes de trânsito em todo município.

As mudanças começam a ser implantadas a partir desta segunda-feira e tem 30 dias para serem concluídas. As multas que eram manuscritas, agora serão aplicadas através dos talonários eletrônicos, equipamentos que têm conexão ? internet (3G), permitindo a consulta de informações referentes aos veículos em tempo real e diretamente do banco de dados do Departamento Detran – BA.

De acordo com o prefeito Márcio Paiva o fato mais importante é que as pessoas vão entender que não podem mais estacionar no lugar errado, nem cometer excessos de velocidade. ?Não adianta fazer um plano de mobilidade que funcione se o indivíduo não respeita o trânsito. Hoje estamos dando o ponta pé fundamental para a mobilidade no município?, frisou o gestor.

A implantação dos fotossensores visa ? redução dos acidentes na Estrada do Coco (BA-099). ?Com a municipalização da via, nos preparamos para esse momento. Assinamos esse contrato que vai moralizar o trânsito na cidade?, enfatizou Paiva.

O secretário da Settop, Moyses Mustar, fez questão de reforçar que intuito da gestão não é multar condutores e sim educá-los para respeitar as normas do trânsito. ?Esperamos que com essas ferramentas possamos impor uma ação do poder público para que a legislação realmente seja respeitada?, afirma secretário.

Os agentes passarão por uma fase de treinamento para utilizar os talonários eletrônicos. Já os fotossensores passarão por um período de testes que terão o acompanhamento de equipes do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro).

Compartilhe