Codecon fiscaliza lei dos 15 minutos em agências bancárias em Salvador

A Coordenadoria de Defesa do Consumidor (Codecon) realizou nesta quinta-feira (03) uma fiscalização nos bancos de Salvador. A operação aconteceu após o recebimento de reclamações a respeito do cumprimento da lei 5978/01, que dispõe do limite de 15 minutos de espera, e também para verificar se há o uso de aparelhos celulares dentro das agências.
 
De acordo com Rose Estrela, chefe de fiscalização da Codecon, as agências autuadas têm dez dias para apresentar a defesa no setor jurídico da Codecon. Em caso de reincidência, o banco é autuado novamente, o valor da multa dobra e o local pode ser fechado após cinco flagrantes consecutivos. O valor da multa pode chegar a R$3 milhões.
 
Pela manhã, foram fiscalizadas as agências do Banco do Brasil do Shopping Iguatemi e Itaú localizado na Pituba, onde não foram encontradas irregularidades. Pela tarde, foi a vez das agências do Banco do Brasil e Bradesco na Avenida Sete de Setembro. Apenas o Banco do Brasil foi autuado pela demora no atendimento.
 
A funcionária pública Paulina Borges de Araújo estava na agência havia 50 minutos e já reclamava da demora. Para a servidora, o problema é a falta de funcionários. ?A gente faz queixa e não adianta. Esperamos muito tempo pra resolver pouca coisa. Essa fiscalização é ótima e tem que fazer sempre para ver se tem êxito?, disse Araújo. Já o empresário Daniel Barbosa dos Santos aguardava há meia hora o atendimento. ?A Prefeitura está fazendo um bom trabalho para a população com a fiscalização. O banco é que não tem respeito pelos clientes. Tem que colocar mais caixa para melhorar?, afirmou.
 
Os consumidores que quiserem buscar orientações, tirar dúvidas e fazer denúncias podem entrar em contato com o Codecon pelo telefone 2203-3417 ou ir pessoalmente ? sede do órgão, localizada na Rua Chile.

Compartilhe