‘Não é todo dia que a gente tem um Cauã aqui no Palácio’, diz Dilma

A presidente Dilma Rousseff quebrou o protocolo ontem (1º) ao iniciar seu discurso cumprimentando o ator Cauã Reymond, que esteve no Palácio do Planalto, em Brasília. Cauã foi o apresentador da cerimônia de lançamento do programa de fomento audiovisual, o “Brasil de todas as telas”. ?Primeiro, eu queria cumprimentar aqui o Cauã Reymond, que está apresentando a cerimônia. Obrigada, Cauã. Não é todo dia que a gente tem um Cauã aqui no Palácio do Planalto?, afirmou Dilma, complementando com uma brincadeira com o vice-presidente: ?O Temer que me desculpe, mas o Cauã agora ficou no protocolo em primeiro lugar?.

Fotos da cerimônia foram postadas tanto no Instagram oficial da presidência quanto no perfil de Cauã. O programa prevê o investimento de R$ 1,2 bilhões no setor, com o objetivo de elevar o Brasil ao patamar de quinto maior produtor e programador do setor no mundo. “Esse programa vem fazer justiça ? criatividade do nosso país e transformá-la na base de uma grande indústria nacional”, disse Dilma.

A presidente citou a evolução da renda da população brasileira como um dos fatores que justifica a crescente demanda por produtos e serviços culturais no país. “O cidadão brasileiro quer usufruir de todos os benefícios da civilização, dos quais a cultura é o ápice”, afirmou. “Inclusão social tem que ser acompanhada de inclusão cultural, para que tenhamos cidadãos mais conscientes, que exigirão mais qualidade em todos os serviços e serão mais críticos e exigentes em relação ? s políticas públicas”, acrescentou.

Compartilhe