Barroso libera Delúbio para trabalho externo

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso
liberou que o ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares trabalhe fora do
Complexo Penitenciário da Papuda, em Brasília. Condenado a 6 anos e 8
meses no processo do mensalão, Delúbio voltará a trabalhar como assessor
sindical da Direção Nacional da Central Única dos Trabalhadores (CUT).

“A negação do trabalho externo para reintroduzir a exigência do
cumprimento de um sexto da pena é drástica alteração de jurisprudência e
vai de encontro ao estado do sistema carcerário”, disse o ministro em
sua decisão.

Barroso é o novo relator do processo do mensalão desde a última
semana. O presidente do STF, Joaquim Barbosa, deixou o caso afirmando
que alguns advogados estariam agindo politicamente.

Compartilhe