Prefeitura de Salvador identifica 41 menores em trabalho irregular

A Prefeitura, através das equipes da Secretaria Municipal de Promoção Social e Combate ? Pobreza (Semps), identificou nas ações realizadas nesta segunda-feira (23) que pais e familiares estão insistindo em levar jovens menores de 18 anos para trabalhar nos locais que recebem eventos oficiais da Copa do Mundo. Foram realizadas durante todo o dia 624 abordagens, que resultaram em 41 flagrantes de trabalho irregular. Seis menores que estavam desacompanhados foram encaminhados para o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), e os outros 35 voltaram para suas casas.

As equipes voltam a atuar nesta quarta-feira (25), dia do jogo entre Bósnia e Irã na Arena Fonte Nova, e nos dias 28 e 29 de junho e 01, 04, 05, 08, 09, 12 e 13 de julho. As equipes concentram sua ação no Pelourinho/Centro Histórico e no bairro da Barra, locais onde os eventos musicais reúnem grande número de baianos e turistas, e nos bairros do Imbui e Plataforma onde são realizados eventos em razão da Copa do Mundo. As ações visam cumprir o que determina o Estatuto da Criança e Adolescente, que coíbe o trabalho infantil.

Compartilhe