FHC rebate Lula e lamenta campanha em níveis baixos

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) respondeu nesta segunda-feira, 16, em nota, as acusações feitas pelo também ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) de que houve compra de votos para aprovação da emenda da reeleição em 1996.

Segundo o tucano, a acusação é uma “falsidade” que “ninguém teve a coragem de levar ? Justiça”.

A troca de farpas teria começado no sábado, 14, quando Fernando Henrique defendeu o combate ? corrupção em discurso na convenção do PSDB que lançou a candidatura de Aécio Neves.

No domingo, 15, em discurso durante a convenção estadual do PT em São Paulo, Lula acusou seu antecessor de agir com “desfaçatez”.

“Na convenção deles vi o ex-presidente falar com a maior desfaçatez ‘é preciso acabar com a corrupção’. Ele devia dizer quem é que estabeleceu promiscuidade entre Executivo e Congresso Nacional quando ele começou a comprar voto para ser aprovada a reeleição em 1996”, afirmou Lula.

FHC se defende dizendo que, quando disse que “queria ver os corruptos longe”, não acusou ninguém.

“Não era preciso vestir a carapuça. A acusação de compra de votos na emenda da reeleição não se sustenta: ninguém teve a coragem de levar essa falsidade ? Justiça”, escreveu o tucano.

O presidente de honra do PSDB disse ainda que lamenta que Lula “tenha levado a campanha eleitoral para níveis tão baixos”.

Compartilhe